Textos

A PONTE

Da mão estendida
na era da dor
das trincheiras
baionetas
pólvoras
e explosões
nasce a ponte
que interliga nações

Ponte construída
com a mais forte fibra
que nunca se desliga
- As mãos interligadas
das famílias

E num instante
cruza-se os oceanos
vence-se as distâncias
e as culturas se misturam
na inevitável geleia humana

E os sabores
os costumes
as danças
e os sonhos se entrelaçam
numa só humanidade
numa só raça intercultural

E a fé
o amor
e a dor
é um só gemido
que há em nós
na experiência
de sermos todos
humanos
Rosalvo Abreu
Enviado por Rosalvo Abreu em 04/08/2019
Alterado em 06/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autor: Rosalvo Abreu). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários