Textos


ALMA PATÉTICA

Terra densa, concreta
Solidamente terra
Não somente um conceito
És o nosso jeito de ser

És rara areia,
Linda rocha
Deserto, água
Bichos, matas
E ar

Navegas magneticamente
Como um plasma universal
Nessa onda
Redondamente terra

E o homem nesse natural
Viver em ti
Em navegar contigo
Abusa, te usa
Sem saber para onde ir

Desnaturaliza-se
Imaterializa-se
Transcende
Não aprende
E se desumaniza
insanamente

 
Rosalvo Abreu
Enviado por Rosalvo Abreu em 23/04/2019
Alterado em 23/04/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria Rosalvo Abreu). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários