Textos

QUEDA LIVRE

E a liberdade crescia
Na potência do querer
E na vida suavemente
Desenhava seu voo

Vidas livres
Em queda vertiginosa
Fazendo corrupios
Buscam as grandezas
De Atlântida

E no novo mundo
Respiram outros ares
Desfilam silêncios
Esquecendo as dores fétidas
e os infindáveis precipícios
Rosalvo Abreu
Enviado por Rosalvo Abreu em 09/01/2019
Alterado em 28/01/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria Rosalvo Abreu).


Comentários