Textos

QUE AMOR QUE NADA!

À beira da estrada
Sob um lindo luar
Eu ouvia a lua
E ela sussurrava:
Que amor que nada!

Devaneios teus
O homem
Esse bicho
É uma fera desalmada
Rosalvo Abreu
Enviado por Rosalvo Abreu em 12/10/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria Rosalvo Abreu). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários