Textos


ARREBOL

Ao oeste
O sol se foi
Solenemente
Num lindo arrebol
E as cores matizavam
O tempo à minha frente

Ao leste
Na boca da noite
A lua sorria
Sorrateiramente
As cores que refletia

E eu aqui
Nesse instante atemporal
Preso no meu espanto
No meu ínfimo
Ponto universal

 
Rosalvo Abreu
Enviado por Rosalvo Abreu em 27/08/2018
Alterado em 27/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria Rosalvo Abreu). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários