Textos


CLOROFILA

Viajante do mundo
Fruto do holocausto
Escolheste o verde
Das plantas
Das florestas
Das matas
Para unir-se a vida
Num grito incauto
De um sobrevivente.

Do toco oco e queimado
Sentiu a beleza da arte
E desse ato a síntese
Do gosto amargo do desgosto
Dos homens pela fotossíntese,
Deixando a cinza que fica
Como marca do descaso.

Expressaste na arte
O grito, 
E o gemido da árvore
Que estala ao fogo que arde!

(Homenagem ao Frans Krajcberg que foi um pintor, escultor, gravador, fotógrafo e artista plástico nascido na Polônia e naturalizado brasileiro)
Rosalvo Abreu
Enviado por Rosalvo Abreu em 19/11/2017
Alterado em 19/11/2017
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Autoria Rosalvo Abreu). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários