Meu Diário
19/12/2017 20h50
Novos projetos

Tive algumas dificuldades na programção para o lançamento em 2017. Mas já foram vencidas. Teremos o lançamento em 2018, juntamente com uma amostra de poesia que estamos preparando. Que venha 2018! Feliz Natal!

Deixo esse poema de Carlos Drummond que gosto muito.

AUSÊNCIA

Por muito tempo achei que a ausência é falta.
E lastimava, ignorante, a falta.
Hoje não a lastimo.
Não há falta na ausência.
A ausência é um estar em mim.
E sinto-a, branca, tão pegada, aconchegada nos meus braços,
que rio e danço e invento exclamações alegres,
porque a ausência, essa ausência assimilada,
ninguém a rouba mais de mim.


Publicado por Rosalvo Abreu em 19/12/2017 às 20h50